Chess black and white wallpaper

A ilusão é o primeiro de todos os prazeres — Oscar Wilde.

Para não querer enxergar a realidade diante dos olhos, bastaria apenas fechá-los? A resposta é não.

A ilusão está muito além do que nossos olhos podem ver e interpretar. A ilusão não é apenas estar iludido com alguma coisa, ou estar ciente de que a realidade só é aquilo que nossos olhos enxergam. A ilusão é você viver inconsciente no mundo onde a lucidez é essencial para a sobrevivência.

Viver dopado de realidade falsa, nos fazem crer que a consciência é manipulada por ações diversas. Por ações que não estão no nosso poder, mas que de alguma forma, nós podemos e devemos nos desassociarmos delas. Um exemplo de realidade falsa é a rede de televisão brasileira. Como todos sabemos, os canais da TV brasileira são os mais podres que existem. Só vemos lixos saindo de dentro de lixos. Não há cultura, não há aprendizado, não há nada que nos façam crescer, que nos façam evoluir. Apenas frutos podres, vindos de árvores cultivadas no esgoto.

Veja um tutorial para ficar triste. Tempo estimado: Enquanto estiver com os olhos focados. “Fechados”.

Assista Telejornais — Absorva as noticias ruins e fique com medo da vida.

Assista novelas — Acredite que a futilidade e a infidelidade são características normais de qualquer ser humano.

Assista programas sobre fofocas — Ponha em mente que canais como este podem te ajudar no processo da vida e que falar mal um do outro é estar por dentro da mídia.

Assista filmes com cenas de violência — E plante a sementinha do mal que no futuro germinará os frutos da psicopatia.

Assista filmes com emoções fortes — E descubra em pouco tempo os primeiros sintomas da depressão. E mais: bônus grátis de como comparar sua vida com as dos personagens por trás das telas.

Assista qualquer cenas que incluam assassinato, estupro, drogas, homicídios — E atraia para sua vida energias ruins e acontecimentos negativos para o seu dia-a-dia.

Viver nessas conformidades é como estar em um mar de ilusões. É não querer enxergar aquilo que está diante dos olhos. É optarmos pelo o que é mais fácil e confortável para o nosso ego. Porque somos controlados pelo nosso ego. É muito mais fácil viver achando que somos felizes, do que saber que a realidade é o que nos tornam mais infelizes, quando mal interpretada. A realidade é triste. Como dizia Arthur Schopenhauer: “o normal é estarmos tristes”. A felicidade é um momento passageiro. Mas estarmos tristes conscientes — daquilo que é verdade e realidade, é estar lúcido. A lucidez nos proporciona a verdadeira felicidade. A felicidade que você sabe do porquê está feliz. A felicidade que você sabe o que te faz feliz. A felicidade saudável. Duradoura. Honesta. A felicidade real. Não a felicidade falsa. Não a felicidade que te faz pensar que viver na “modinha” é normal. Não a felicidade que te engana, que te controla, que te manipula. Que te faz acreditar que se você está triste e comprar algo, isto lhe trará a felicidade que lhe faltava. Jamais se engane. Jamais coloqueis os bens materiais como os responsáveis pela a sua felicidade. Compre porque precise, não porque você acha que isso lhe trará felicidade. A felicidade está dentro de nós, e não na invenção do empresário. Não no resultado daquele que inventou e construiu apenas para encher seu bolso de dinheiro.

Danielle C Bauer

Danielle C Bauer

youtube daniellecbauerfacebook daniellecbauer