90372

Produzir mágica através das palavras usando a escrita, pode ser tão fascinante quanto dirigir um filme. Ou até mais, porque a história só passa a ter vida a partir do momento em que ela é criada, como um tijolinho que você coloca em uma obra, um por um, até formar uma grande e forte parede. Mas colocar o primeiro tijolinho (escrever a primeira linha), não é tarefa fácil, pois o primeiro passo de como escrever um livro é aceitar o que vier à sua mente.

Você precisa deixar a sua imaginação fluir, deixar-se guiar pelo o mundo mágico que há dentro de você. Deixar as palavras se formarem e criarem vida, sem questioná-las, sem forçá-las, sem criticá-las. Você fazendo isso, com mais essas dicas, você será capaz de escrever qualquer coisa, desde um romance tórrido, a uma autobiografia. Ou se preferir, livros de autoajuda, poemas ou histórias literárias.

Leia também: Como Desenvolver a Mentalidade de um Escritor

A Magia Em Minhas Mãos

a magia em minhas maosHá quase dois anos eu escrevi três livros, a trilogia Annie W. Foram os primeiros livros que eu escrevi. Quando eu comecei, (você pode saber como foi o início de Annie W clicando aqui) eu não fazia ideia de como era escrever um livro. No início era para ser apenas um passatempo, uma atividade para ocupar a minha mente, mas à medida que eu ia escrevendo, as palavras foram criando vida, e, a partir daí, não pararam mais de chegar à minha mente. Era como se uma voz falasse dentro de mim, uma voz que não era minha, me induzisse a escrever. Nomes, personagens, cenas, sentimentos, vinham chegando como um sopro no meu ouvido. E quanto mais eu escrevia, mais ideias vinham. Com essa magia toda acontecendo na minha mente, os outros dois livros surgiram em um piscar de olhos.

Então, se você quer escrever um livro, atente para essas dicas e descubra o quão Spielberg ou E. L. James você pode ser!

Deixe Seus Pensamentos Fluírem

deixe seus pensamentos fluiremComo eu disse no início do artigo, deixe sua mente fluir, não a perturbe forçando-a a criar ideias ou cenários para os seus personagens. Deixe-a fluir suavemente como uma pluma. Quando você força demais os pensamentos, eles tendem a embaralhar, a tornarem-se de difícil entendimento. Isso pode dificultar e muito a criatividade da sua escrita.

Tenha Sempre um Dicionário a Sua Mão

tenha sempre um dicionario a sua maoNos tempos modernos não é muito comum você encontrar uma pessoa com um dicionário na mão. Com tantas páginas de busca na internet, saber como se escreve ou significa uma palavra pode levar apenas alguns segundos. Quando eu comecei a escrever, como eu não tinha ideia de como era escrever um livro, eu tive muitas dificuldades para encontrar palavras que descrevessem o que eu queria dizer. Eu ia escrevendo de acordo com meu vocabulário, baseado em anos de experiência (quase nada) e meu conhecimento (super limitado).

O Tempo Traz Melhorias

o tempo traz melhoriasMas, de acordo com o desejo que ia crescendo dentro mim, as ideias para busca foram também surgindo. Por exemplo, se eu queria saber como uma determinada palavra significava, eu buscava no Google. Foi então que conheci os dois grandes sites que se tornaram os meus melhores amigos. Que são http://www.dicio.com.br/ e http://www.sinonimos.com.br/

Sim, esses dois sites com certeza irão fazer parte da sua vida. Eu uso para tudo e o tempo todo. Como estou sempre lendo, muitas palavras novas surgem e então quando não tenho conhecimento de alguma, eu vou e corro para o dicio, ou se quero saber os sinônimos de uma determinada palavra, eu vou e faço uma pesquisa no site de sinônimos.

Não Tenha Medo de Errar

nao tenha medo de errarUma das piores dificuldades que eu tive no início, foi o medo de errar. E eu errava e errava muito. Mas todas as vezes que eu errava, eu me punia por isso, me sentia na obrigação de corrigir. E isso é o certo, você erra e corrige. Mas comigo não era assim. Eu errava, corrigia e corrigia de novo. Depois corrigia, corrigia e corrigia de novo. Sim, isso pode parecer loucura, mas era assim que eu me sentia e era assim que eu me portava diante os erros que eu cometia por não saber o que fazer. Eu nunca havia escrito um livro na minha vida, então, tinha que sair perfeito e sem nenhum erro. (Um pensamento totalmente errado para um escritor).

É errando Que Se Aprende

e errando que se aprendeCom tantas correções, (erros de coerência, descrições mal feitas e etc), eu perdi muito tempo sem produzir, porque nesse tempinho todo (passando muito tempo corrigindo algo que já estava pronto) eu poderia estar criando, desenvolvendo a história. Perdi horas tentando organizar um parágrafo, corrigindo uma cena, ou adaptando uma cena.

Até eu conseguir organizar melhor as minhas ideias e acreditar que os erros fazem parte da aprendizagem, eu perdi muito tempo. O certo é se errar, corrigir e ir pra frente, continuar com a escrita.  Depois que o livro estiver pronto, passar um “pente fino”, ler cuidadosamente e várias vezes, corrigindo os erros. Tranquilamente, sem estresse.

Comece Já

comece jaVocê está pronto para deixar sua mente fluir e ver até onde ela pode chegar. Você tem duas ferramentas valiosíssimas  –  dicionário e sinônimos, que vão ajudá-lo no auxílio da sua escrita, agora só falta uma coisa: começar a escrever.

Sim, se você tem tudo nas mãos, e o desejo de colocar suas grandes ideais no papel, melhor dizendo, em uma página branca do Word, você deve começar com o trabalho mais importante da imaginação.  O desejo de criar.

Uma Dica Que Vai Ajudar Você a Escrever o Que Quiser

uma dica que vai ajudar voce a escrever o que quiserSe você está pensando em escrever um livro, provavelmente esse desejo deve ter nascido durante alguma leitura que você estava tendo. (No meu caso foi). Então, a partir dessa leitura - desse desejo íntimo, de ver até onde sua imaginação pode chegar, você já deve ter uma ideia do que quer escrever e sobre o que quer escrever. 

Por exemplo, se você quer escrever um romance policial, você deve ler livros sobre romance policial. Exemplos: “Lugar Perigoso” de Luiz Alfredo Garcia-Roza, “Os Crimes do Monograma”, por Sophie Hannah, ou um mais antigo, como, “O Assassinato de Roger Ackroyd”, de Agatha Christie. Todos esses livros são ótimos para ajudá-lo a desenvolver a escrita, e a elaborar uma história. Você não precisa ter medo de achar que não é capaz de escrever um romance policial. Você pode escrever qualquer coisa, desde que você se torne um “perito” no gênero.

Você Escreverá Bem Se Escrever Sobre o Que Gosta

voce escrevera bem se escrever sobre o que gostaEntão, antes de escrever qualquer coisa, busque ler livros do gênero que quer escrever. Essa é uma das melhores dicas para quem quer escrever um livro. Quer escrever uma autobiografia? Leia livros de autobiografias. Quer escrever um romance para adultos? Leia livros de romance baseado em erotismo.

Lembre-se: Você pode escrever sobre qualquer coisa, e se você juntar todas essas dicas e ainda manter uma escrita diária, isto é, escrever todos os dias, em pouco tempo você terá a sua obra pronta. O seu primeiro manuscrito pronto. Pronto para ser compartilhado, pronto para ser distribuído entre seus amigos e o mundo.

Leia também: 4 Personagens Fictícios de Livros Que as Mulheres Gostariam Que Fossem Reais

Danielle C Bauer

Danielle C Bauer

youtube daniellecbauerfacebook daniellecbauer