JKRowling 960x545 1

Joanne Rowling, mais conhecida como J. K Rowling é uma das autoras mais famosas e mais bem pagas de todos os tempos. Com mais de 450 milhões de cópias, e mais de US$850 milhões na conta bancária, Joanne a cada dia vem conquistando milhões de fãs em todo o mundo. E não só com a série Harry Potter.

Se você deseja conhecer mais sobre Joanne Rowling, continue lendo e descubra como era a sua vida, antes de dar vida a Harry Potter.  

Sucesso Estrondoso  

J K RowlingJoanne ao longo de sua carreira também escreveu outros grandes títulos, como Os Contos de Beedle, o Bardo, Morte Súbita, O Chamado do Cuco, O Bicho-da-Seda e Vocação para o Mal. Todos traduzidos em 64 línguas.

Joanne também aparece na lista da Forbes entre as 100 Celebridades mais bem pagas dos últimos tempos. Em 2006 ela foi nomeada como a segunda personalidade feminina mais rica do mundo, ficando atrás apenas da Oprah Winfrey, e à frente de nomes como a rainha Elizabeth II, Madonna e Gisele Bündchen.

Em 2007 ela ficou entre os 891 bilionários do mundo na lista da Forbes. E nesse mesmo ano, ela ainda ranqueou a posição, ficando em 48 °da lista da Forbes — as 100 celebridades mais bem pagas.

Em todos os seus anos de trabalho e lançamento dos livros da série Harry Potter, Joanne arrecadou cerca de 1 bilhão de dólares.  Mas depois de algumas doações, (cerca de 20% de sua fortuna) seu patrimônio ficou estimado em cerca de US$850 milhões de dólares.

Curiosidades

curiosidades j k RowlingJoanne diz que em 1990, enquanto ela estava em uma viagem de trem de quatro horas atrasado de Manchester a Londres, a ideia para uma história de um jovem menino frequentar uma escola de magia "veio totalmente formado" em sua mente. Rowling disse ao The Boston Globe que ela realmente não sabia como aquela ideia surgiu em sua mente. “Começou com Harry, então todos esses personagens e situações vieram inundando na minha cabeça".

[Isso me fez lembrar de como Annie, a personagem principal do meu livro surgiu em minha vida. Posso dizer que aconteceu o mesmo comigo. Primeiro surgiu ela, a Annie. Depois todos os outros. Um por um. E todos vinham em uma velocidade que não dá para ser explicado. Era como se uma voz dentro de mim, me induzisse a escrever os personagens.]

Em seu site http://www.jkrowling.com/ Joanne compartilhou com os fãs como foi a concepção de Harry Potter.

"Eu estava viajando de volta para Londres por conta própria em um trem lotado, e a ideia de Harry Potter simplesmente caiu na minha cabeça. Eu estava escrevendo quase continuamente desde os seis anos, mas eu nunca tinha me animado tanto com uma ideia antes. Para minha imensa frustração, eu não tinha uma caneta, e eu era muito tímida para perguntar a qualquer um se poderia me emprestar uma... Eu não tinha uma caneta comigo, mas eu acho que esta foi provavelmente uma coisa boa. Eu simplesmente sentei e pensei, por quatro horas (trem atrasado), ao passo que todos os detalhes borbulhavam em meu cérebro, e este garoto de cabelos negros, magro, de óculos que não sabia que era um bruxo tornou-se mais e mais real para mim. Talvez, se eu tivesse abrandado as ideias para capturá-los no papel, eu poderia ter abafado algumas delas (embora às vezes eu me pergunto, de braços cruzados, como muito do que eu imaginava nessa viagem eu tinha esquecido pelo tempo que eu realmente tinha perdido por não ter uma caneta). Eu comecei a escrever Harry Potter e a Pedra Filosofal naquela mesma noite, embora aquelas primeiras páginas não têm qualquer semelhança com qualquer coisa no livro."

Ela diz que logo quando chegou a Clapham Junction, imediatamente começou a escrever Harry Potter. Naquele mesmo ano, Joanne teve que enfrentar uma das maiores dores na sua vida. A dor por perder a mãe que sofria de esclerose múltipla a mais de dez anos. Rowling disse que a morte da mãe afetou drasticamente a sua escrita. Ainda mais que ela ainda não havia contado para mãe que estava escrevendo um livro.

Já foi dito que a ideia de Harry Potter surgiu inesperadamente na mente de J. K. durante uma viagem de trem nos anos 90. Os primeiros manuscritos foram rabiscados em papel barato. Ela dizia que escrever a ajudava muito a passar o tempo, numa época em que a depressão e as dificuldades transbordavam em sua vida.

O primeiro livro da série, Harry Potter e a Pedra Filosofal, foi publicado pela Bloomsbury em 30 de Junho de 1997. A primeira edição foi pequena, apenas 500 exemplares, 300 dos quais para bibliotecas. Atualmente um exemplar desses chega valer 25000 libras. Com o primeiro dinheiro que ganhou com as vendas dos exemplares, Joanne comprou um apartamento mais espaçoso para ela e a filha. Após viver algum tempo lá, e mudar-se, ela deu de presente a uma mãe solteira da vizinhança, de quem se tornara grande amiga.

De lá para cá, o sucesso passou a acompanhar em todos os estágios da sua vida. Harry Potter e todos os outros grandes títulos mudou a vida de muita gente. E ainda continua mudando.

Em 2011 o último livro da série foi lançado mundialmente em língua inglesa no dia 21 de Julho, Harry Potter e as Relíquias da Morte. No Brasil foi lançado no dia 8 de novembro de 2007. Outra curiosidade é que Joanne escolheu a data de 21 de julho para lançar, justamente porque a saga completaria dez anos desde a primeira publicação. 

J. K Rowling nos mostrou que mesmo com muitas dificuldades e rejeições, ainda é possível atingirmos o sucesso. Basta nunca desistirmos dos nossos sonhos.

Para terminar, uma frase de J. K Rowling, adaptada por mim.

“Não adianta se entregar aos sonhos, se você for capaz de desistir.”

Danielle C Bauer

Danielle C Bauer

youtube daniellecbauerfacebook daniellecbauer